É por estes motivos que somos traidos em relacinamentos

1

Em algum momento de nossas vidas, quase todos nós acabamos nos relacionando com alguém que é totalmente errado para nós. Talvez alguém que não gosta das mesmas coisas que gostamos, não é tão sensível quanto precisamos, é muito sensível, tem um olhar não agradável, isso acontece com todos. Mas o ponto é quando o “por quê?” Começa a entrar em nossos pensamentos … quando acontece uma e outra vez, com um relacionamento após o outro.

Você pode classificar como má sorte, ou se convencer de que há algo com você, mas a verdade é que há uma razão pela qual muitas vezes somos atraídos para pessoas que são totalmente e completamente erradas para nós. Shelly Bullard, uma terapeuta de casamento e família, diz que é porque a sua versão mais danificada e ferida, é quem está fazendo a escolha

Bullard acredita que todos nós temos dois eus: o “pequeno eu”, ou o eu ferido, do ego – e o “eu espiritual” – o eu superior, eu adulto, ou alma. Ela explica que o eu ferido é a parte de você que sente-se incompleta. Ela questiona o seu valor, não se sente completamente inteira, se sente falha de alguma forma.

Ela vê o Eu Espiritual como seu eu superior, a sua alma. É a parte de você que está ligada ao amor, verdade, sabedoria e paz interior. Seu eu espiritual não questiona o seu valor. Ele sabe, sem dúvida, queão amável e valioso você é.

loading...

Nós operamos diariamente em um desses dois eus. O ponto de vista do ego, ou o pequeno eu, nos faz sentir-nos inferiores, insignificantes e até impotentes em alguns aspectos, e encontramo-nos constantemente lutando contra este sentimento. O ego procura maneiras materialistas para encontrar validação. Ele acredita que uma vez que tiver mais (dinheiro, um emprego melhor, um parceiro melhor, uma casa maior) vai finalmente ser feliz. Mas nunca é feliz, porque a natureza do ego é sentir-se incompleto. Operando a partir deste eu, você sempre sente que algo está faltando.

Quando se trata de relacionamentos românticos, o ego é ativado, porque nos relacionamentos nos apegamos mais a dor ou somos mais feridos. Quando somos magoados por uma relação, tendemos carregar isso conosco, e por sua vez, atraímos pessoas que irão destacar o mesmo sentimento. Bullard, explica: “O seu inconsciente está programado para atrair pessoas que ativam seus ferimentos. A razão para isso é que você irá crescer. ”

Nós revivemos nossas feridas, para que possamos finalmente chegar ao processo de cura. Nós não podemos curar coisas que não sentimos ou vemos. Precisamos lidar com a sensação dolorosa ou desconfortável, a fim de superá-la

Então, como podemos quebrar este ciclo? Bullard acredita que precisamos identificar com nosso eu superior. “Seu eu superior é a parte que sabe a verdade sobre você”, diz ela, “Ele sabe que você é digno, incrível, capaz e poderoso … através da lente do eu superior, você está completo.”

De repente você vai perceber que todas as pessoas “erradas” que encontrou, tiveram o papel de te colocarem na direção certa, um estado de espírito que não põe em causa o seu valor. Bullard nos impele a curar nossos relacionamentos de dentro para fora, porque às vezes, nada inspira-nos a crescer mais do que um coração partido.

Vimos em: osegredo.com.br

loading...

Leave a Reply